Romance inspirado pela musicoterapia

19 de agosto de 2021 às 16:59

Editoria
Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, lançamento ficcional da escritora Juliana Marinho promove o poder da música como intervenção para cura de doenças.
 
A musicoterapia, união da arte e saúde em busca da reabilitação ou promoção do bem-estar, é a responsável pela trilha sonora do romance A Melodia dos Sonhos. Quem escuta é a jovem asiática Sayuri e o pianista Tomás, protagonistas deste romance. Ambientado em uma comunidade japonesa de São Paulo, o lançamento ficcional promove o poder da música como intervenção para cura das doenças.
 
O assunto entrou na vida da escritora Juliana Marinho por meio do trabalho de conclusão de curso da pós-graduação em Psicologia Positiva, Ciência do Bem-estar e Autorrealização. A prática é apresentada aos leitores quando Sayuri busca pela musicoterapia para melhorar dos constantes episódios de ansiedade, dores no peito e bloqueio social. 
 
 
A música ativa certas regiões do cérebro que estão relacionadas à memória, aprendizagem e atenção. Também libera um produto químico no cérebro chamado dopamina, que melhora o humor e reduz a ansiedade — ele me explica com propriedade de quem sabe o que está falando.
— Você percebe a transformação do seu corpo com a música, Sayuri? 
(A Melodia dos Sonhos, pág. 88) 
 
 
A protagonista conhece o jovem músico após ser forçada a sair de casa para uma reunião presencial com fornecedores. Devido à dificuldade social, Sayuri trabalha home office e almeja expandir os seus negócios on-line, no ramo de projetos arquitetônicos – o mundo digital é o esconderijo perfeito para que ela oculte as dores e distúrbios. Já Tomás nutre o sonho de fazer parte de uma grande orquestra. A música, além de ser o elo entre eles, será o gatilho de transformação e cura na vida do jovem casal. 
 
Juliana Marinho é conhecida por escrever o que vive de suas viagens, na história local e sobre os diferentes costumes. Autora de outras três obras “Quatro estações”, “O Vestido de Época e Conexão” e “A Chave do Verdadeiro Amor”, seus livros são um convite ao leitor para passear no cenário narrado, explorar os pontos turísticos e a criatividade. 
 
FICHA TÉCNICA 
Título: A melodia dos sonhos 
Editora: Lura 
Autora: Juliana Marinho 
ISBN/ASIN: 978-65-8626-76-6
Formato: 14x21cm
Páginas: 160 páginas 
Preço: R$ 45,00  
Link de compra: Juliana Marinho
 
Sinopse: Os sentimentos de alegria e gratidão expandem o coração e nos conecta com o todo. Sayuri é uma jovem asiática que mora na cidade de São Paulo e almeja expandir os seus negócios online, no ramo de projetos arquitetônicos. O mundo digital é o esconderijo perfeito para ela ocultar as suas dores e distúrbios. Tomás é musicista e seu maior sonho é viver do seu talento e fazer parte de uma grande orquestra. Estimulado pela avó, ele se inscreve para um teste que poderá mudar o curso da sua vida e de quem cruza com ele. A música além de ser o elo de união entre eles, será o gatilho de transformação e cura na vida do jovem casal. 
 

Sobre a autora: Juliana Marinho é formada em Relações Públicas pela Faap, Pós-graduada em Psicologia Positiva e Ciência do Bem-estar e cursou Civilização Francesa na Université de la Sorbonne, em Paris. Em 2019 participou da Antologia Romântica com o seu conto Elo de Esmeralda, publicada pela editora Lura. Ela nasceu em São José dos Campos e hoje mora em São Paulo com a filha e o marido.
Artigos

Existe um elemento no ano de 2021 que imputou e promoveu uma verdadeira aposta de cancelamentos e desejos para que ele seja mais um ano apagado da memória de milhares de pessoas: A pandemia, que promoveu o desaparecimento definitivo de milhares de pessoas. Sim, mais 365 dias indescritíveis. Para muitos, antes de...
Abrimos 2022 com a sinalização de que viveremos um ciclo de tensão, envolto no cobertor eleitoral. A par das costumeiras escaramuças que o país costuma abrigar sob a teia de uma guerra pelo poder entre protagonistas que lutam para aumentar sua fatia de bolo, desta feita estaremos diante de uma encruzilhada: à...
Na biografia de William Henry Beveridge, escrita por Jose Harris, o pai da seguridade é definido como o profeta da revolução social pacífica. Seria bem esse o escopo da seguridade social: impor a revolução pacífica. Isto é, a transformação da sociedade desde dentro, mediante verdadeiro projeto de inclusão,...
ASSINE NOSSO NEWSLETTER